AÇÕES DA SECRETARIA DE SAÚDE DIMINUEM CASOS DE DENGUE EM SÃO CARLOS PDF Imprimir E-mail

O número de casos de dengue caiu drasticamente nos primeiros meses do ano, em São Carlos, segundo dados da Vigilância Epidemiológica.  Até dia 15 de março, 11 casos de dengue foram registrados. No mesmo período do ano passado, foram 142 casos.

 

Desde o início do ano, a Secretaria de Saúde intensificou as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti. Visitas de rotinas nos bairros, bloqueios e eliminação de criadouros com orientação de doentes, visitas aos sábados em casas fechadas estão sendo realizadas pela equipe de Combate a Endemias. “Logo que assumimos, o prefeito Airton Garcia pediu atenção especial para a dengue. Criamos duas comissões, uma de mobilização e uma técnica para enfrentar o mosquito”, afirmou Caco Colenci, secretário de Saúde.

 

Outra ferramenta importante para o combate a dengue, zika e chikungunya foi a campanha institucional “Quem luta contra a dengue ajuda salvar toda a cidade”. Desenvolvida em parceria comas secretarias de Comunicação e de Saúde, a campanha trouxe o lúdico, para atingir, principalmente, os mais jovens. A divulgação foi realizada nos mais variados veículos, para atingir a maior parte da população. “Nossa campanha mobilizou a sociedade no combate a doença. Oitenta por cento dos focos do mosquito estão no domicílio e somente com ajuda da população, ganharemos essa guerra. O mosquito veio para ficar, se adaptou muito bem ao nosso meio. É necessária a mobilização pública e privada para que essas doenças não se proliferem”, disse o secretário.

 

Durante o mês de março, outro trabalho importante. A Vigilância Epidemiológica está realizando o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa). O levantamento é feito periodicamente e permite identificar onde estão concentrados os focos do mosquito, além de revelar quais os principais tipos de criadouros. “Aequipe de Combate a Endemias está fazendo o levantamento para mostrar como está a infestação do mosquito na cidade. Mais de 500 quadras são selecionadas na cidade inteira, inclusive, nos distritos de Santa Eudóxia e Água Vermelha. Em cada setor são selecionadas cerca de 50, 60 casas. Esse trabalho mostra o índice de densidade larvária e qual o tipo de recipiente que mais tem criadouro. Os criadouros são eliminados e os moradores orientados”, contou Denise Scatolini, instrutora da equipe de Combate a Endemias.

 

Na próxima semana, está previsto o início do Programa Renova São Carlos, uma grande ação de conscientização de cuidado com a cidade. “Cuidar do município é questão de cidadania. Através do Renova São Carlos, queremos mostrar para a população que cada um deve fazer sua parte para uma São Carlos melhor. Nós, enquanto poder público, estamos limpando as áreas públicas e vamos realizar um grande mutirão. Cabe a população, conservar esses espaços e também de seus espaços, ou seja, quintais e calçadas”, afirmou Mariel Olmo, secretário de Serviços Públicos.

 

Casos dengue:

2017                   2016

Janeiro      9                 43

Fevereiro   2                 54

Março        0                 45 

 

(17/03/2017)

 
 

Menu Notícias

SIM Online