CIDADANIA INTENSIFICA ATENDIMENTO À POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA EM VIRTUDE DAS BAIXAS TEMPERATURAS PDF Imprimir E-mail

 

Uma roda noturna será realizada durante todo o fim de semana

 

Com o alerta de frio intenso durante todo o fim de semana, a Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Cidadania e Assistência Social e do Fundo Social de Solidariedade e com apoio da Igreja São João Batista e da Comunidade Missionária Divina Misericórdia, realizará até a próxima segunda-feira (8/7) um plantão noturno com ronda, intensificando dessa forma o atendimento e acolhimento à população em situação de rua.

 

O trabalho começa em torno das 18h e vai até às 22h, até que todos os pontos sejam visitados e todos os moradores convidados a pernoitar na Casa de Passagem (antigo Albergue Noturno) ou nos espaços preparados para receber essas pessoas no salão da Igreja São João Batista e na entidade Divina Misericórdia.

 

A ronda noturna vai ser realizada pelas equipes de abordagem de rua do Centro POP (Centro de Referência para População em Situação de Rua), coordenado pela Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, e da Divina Misericórdia.

 

“A abordagem já faz parte dos serviços do Centro POP, porém em função do alerta de frio rigoroso vamos intensificar as abordagens e oferecer nossos serviços. Quem não quiser pernoitar em nenhum dos lugares que vamos oferecer vai receber um cobertor para passar a noite com menos sofrimento que o Fundo Social de Solidariedade arrecadou na Campanha do Agasalho e vai distribuir à população em situação de rua”, explica Fernando de Oliveira, diretor de Direitos Humanos da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social.

 

CENTRO POP-O Centro, localizado na Rua São Joaquim, 818, no Centro, realiza o acolhimento e promove a inserção em atividades coordenadas por uma equipe multidisciplinar com assistentes sociais, psicólogos, terapeutas ocupacionais e educadores sociais. No POP, os moradores em situação de rua recebem café da manhã, almoço e lanche da tarde, participam de cursos e capacitações, além de poder fazer a higiene pessoal e usar o guarda-volumes. A unidade funciona como ponto de apoio para pessoas que moram e/ou sobrevivem nas ruas. Quando a pessoa chega, o atendimento começa do zero. Muitas vezes estão sem documentação, higiene pessoal e alimentação. Quando tem família, o Centro POP tenta a aproximação. O horário de funcionamento é de segunda à sexta, das 8h às 17h. No último mês de junho foram atendidos 204 moradores em situação de rua no local, sendo que 40 são migrantes.

 

Já Casa de Passagem está funcionando na Rua Marechal Deodoro, 2490, no centro. O horário de funcionamento é de segunda à sexta, das 18h às 7h.

 

(05/07/2019)

 

 
 

Menu Notícias