INTERDIÇÃO PARCIAL DO VIADUTO ANTÔNIO MASSEI ACONTECE A PARTIR DA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA PDF Imprimir E-mail

 

A interdição será necessária para realização das obras de construção de uma nova alça e da recuperação do viaduto
 
A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) informa que a partir da próxima terça-feira (27/02) o Viaduto 4 de Novembro “Prefeito Antônio Massei” será interditado parcialmente para a realização da nova etapa da obra de construção da nova alça viária e da recuperação da estrutura do Viaduto.
 
O trânsito de veículos sobre o viaduto será realizado somente no sentido Centro X Bairro. No trecho sobre o viaduto da Rua Cândido Padim entre a Rua Visconde de Inhaúma e Rua Roberto Simonsen o trânsito passará a operar em sentido único. O Poupatempo, SENAI e Correios não terão interferências no trânsito de acesso.
 
Já o transporte público coletivo no sentido Centro X Bairro, partindo da Estação não mudará o itinerário. As linhas do transporte coletivo que utilizam o viaduto no sentido Bairro X Centro passarão a utilizar o seguinte itinerário: Av. Dr. Teixeira de Barros (Rua Larga), Rua Dr. Duarte Nunes, Rua João Ribeiro de Barros, Rua Floriano Peixoto, Rua Joaquim Perez Fernandes, Rua Ângelo Possa, Rua Treze de Maio (via rotatória da Av. Paulista), Rua Riachuelo até a Estação.
 
As obras de construção de uma nova alça de saída e da recuperação da estrutura do Viaduto 4 de Novembro estão sendo realizadas pela empresa RUMO, um investimento de R$ 15 milhões.
Segundo João Muller, secretário de Obras Públicas, essa é uma obra muito importante para o sistema viário da cidade. “Vamos ter uma alça com à avenida José Pereira Lopes, tendo em vista que com o fechamento da passagem em nível pela linha do trem na rua General Osório, deverá aumentar o fluxo de veículos. Já a questão do Viaduto foi um pedido do prefeito Airton Garcia que acionou os representantes da RUMO para que antes da construção da alça, a empresa realizasse o reforço estrutural do Viaduto”, explica Muller.
 
Muller pediu a compreensão dos motoristas e afirmou que a interdição vai até o final de maio. “Na verdade, já saímos da fase de fundação, estamos executando os pilares e agora começamos a obra propriamente dita que é a parte do entroncamento da saída do atual viaduto para a alça de acesso. Por isso precisamos interromper uma das faixas”, finaliza.
 
(23/02/2024)