» FÁBRICA DE HELICÓPTERO PDF Imprimir E-mail
Sex, 08 de Agosto de 2008 14:59
» FÁBRICA DE HELICÓPTERO
Um projeto sobre o potencial de São Carlos em prol da instalação de uma fábrica de helicóptero foi apresentado pelo prefeito Newton Lima e pelo coordenador do curso de Engenharia Aeronáutica da USP, Fernando Catalano, ao senador Aloísio Mercadante. Como um grupo internacional pretende construir uma unidade fabril no Brasil, o prefeito está trabalhando para trazer essa unidade à Capital da Tecnologia. Além do curso de Engenharia Aeronáutica da USP, São Carlos também oferece o curso Técnico de Manutenção Aeronáutica e o de Tecnologia em Aeronáutica, além de infra-estrutura e mão-de-obra qualificada.




NEWTON LIMA TRABALHA PARA TRAZER FÁBRICA DE HELICÓPTERO PARA A CIDADE

Na noite da última quinta, dia 7, o prefeito Newton Lima e o coordenador do curso de Engenharia Aeronáutica da Universidade de São Paulo (USP), Fernando Catalano, apresentaram ao senador Aloizio Mercadante, um projeto sobre as potencialidades da Capital da Tecnologia em prol da instalação de uma fábrica de helicóptero. Com o aquecimento do mercado internacional no segmento aéreo, um grupo internacional pretende construir uma unidade fabril no Brasil. “Nossa cidade agrega todos os valores para receber este expressivo empreendimento, seja na oferta de infra-estrutura de primeira linha, mão-de-obra qualificada ou localização geográfica”, observou o prefeito.

Além do curso de Engenharia Aeronáutica da USP, São Carlos também possui o curso Técnico de Manutenção Aeronáutica oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o de Tecnologia em Aeronáutica que será ministrado no Centro Federal de Educação Tecnológica de São Paulo (CEFET/SP), em parceria com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). “Apesar desta negociação ser bastante complexa, eu acredito no potencial de São Carlos, em razão de abrigar todas as etapas da educação aeronáutica, dispor de aeroporto e oferecer o conhecimento da Engenharia de Materiais, que é uma área associada muito importante para este segmento de mercado”, enfatizou o senador Mercadante.

Atualmente, o Brasil possui apenas um fabricante de helicóptero, que está localizado no município de Itajubá (MG). A frota brasileira possui mais de mil aeronaves, sendo distribuídos em 78,85% à turbina e 21,15% a pistão. Para comprar um helicóptero, o cliente paga 50% à vista, recebendo a encomenda dois anos depois, o que demonstra o alto valor agregado deste mercado. “O município reúne todas as qualificações exigidas para obter sucesso neste empreendimento, dependendo apenas da decisão política e econômica do próprio corpo executivo da empresa”, enfatizou o professor Catalano.

Visitas
Durante a manhã desta sexta, dia 8, Mercadante visitou as obras do Pronto Socorro da Vila Prado e do Complexo Viário Parque da Chaminé. O senador destinou o total de R$ 650 mil para esta nova unidade de saúde, sendo R$ 300 mil para edificação e R$ 350 mil para aquisição de equipamentos. O Pronto Socorro possui 1.078 m² de área construída englobando recepção, setor de espera, consultórios, ala ortopédica equipada com raio-x e salas de sutura, curativo, esterilização, observação clínica, medicação, inalação, urgência e emergência.

Para o Parque da Chaminé foi destinado pelo senador R$ 150 mil para o alinhamento da ponte de concreto sobre o córrego do Gregório com a rua Marcolino Lopes Barretos. Inserido no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), este complexo envolve a duplicação da marginal Comendador Alfredo Maffei, construção de duas pontes, estrutura para contenção das margens e a criação de um parque ambiental.

(08/08/08)
 
 

SIM Online