CAMPANHA EDUCATIVA IRÁ ORIENTAR MOTOCICLISTAS PDF Imprimir E-mail


“Queremos reduzir acidentes com motos”, diz prefeito Barba

A Prefeitura de São Carlos e a Polícia Militar lançaram nesta segunda-feira (23), no Centro de Operações dos Agentes de Trânsito a campanha educativa “Motociclista valorize a vida” para orientar os motociclistas da cidade. A meta é salvar vidas e reduzir o número de acidentes envolvendo este tipo de veículo, cuja frota em São Carlos é de 24.779 motos, 7,8 % a mais do que o ano passado com 22.978 veículos.

Segundo dados da Polícia Militar, o número de veículos envolvidos em acidentes de trânsito com vítima e atropelamentos registrou, em 2010, 1.907 ocorrências. Destas 929 envolveram veículos, 804 motocicletas, 83 bicicletas, 48 caminhão, 36 ônibus e 7 outros. O número total de ocorrências em 2009 foi de  1.812 ocorrências.

A campanha que conta com o apoio do Conseg, Ação Radical, Hora Park, Tecumseh do Brasil, Kasinski, Yamaha, Kalaus e Suzuki se estende até o mês de julho com a realização blitz educativa em vários pontos da cidade, através de  abordagens lúdicas e interativas, realizadas por um grupo de atores, com o apoio da Polícia Militar e agentes de trânsito. Em parceria com empresas, a Prefeitura vai realizar intervenções com esquetes teatrais abordando o comportamento correto e seguro dos motociclistas. Serão produzidas vinhetas educativas com veiculação na mídia e outros materiais de divulgação como folders, faixas, banners e panfletos.

O comandante da Polícia Militar, Jackson Justus, juntamente com o prefeito Oswaldo Barba entregou aos agentes de trânsito o Manual de Infração e Procedimento (MIP) – que busca melhoria e uniformalização da fiscalização.

“Nós estamos buscando junto com a Prefeitura desenvolver uma campanha de conscientização dos motociclistas para que eles tenham todo o cuidado com a segurança pessoal, de quem viaja na garupa e com os pedestres, minimizando risco de acidentes. É necessário refletir que a vida não tem preço, adquirir hábito de dirigir com segurança e respeitar as leis de trânsito. Espero que São Carlos sirva de exemplo para outras cidades do país”, disse o tenente coronel Jackson Justus, comandante do 38 º Batalhão da Policia Militar.

O secretário municipal de Transporte e Trânsito, Nilson Carneiro, ressaltou que a Prefeitura busca a meta da Organização Mundial de Saúde de reduzir em 50% o número de acidentes na cidade. “Vamos orientar, educar para que os motociclistas promovam a direção preventiva e defensiva já que cerca de 42% dos acidentes no trânsito da cidade envolvem motos. Além da questão emocional da vida das pessoas quando acontecem óbitos os acidentes causam uma série de prejuízos para instituições, empresas e área de saúde que precisa disponibilizar leitos e recursos para a recuperação das lesões do paciente acidentado”

O prefeito Oswaldo Barba lembrou que no início deste mês São Carlos  aderiu ao “Pacto Nacional pela Redução de Acidentes no Trânsito – Pacto pela Vida" – ação estimulada em vários países pela Organização das Nações Unidas, cujo Plano Nacional de Redução de Acidentes e Segurança Viária para a Década 2011-2020 foi elaborado a partir das sugestões recolhidas de diversos agentes, entre eles a cidade de São Carlos. “A moto é um veículo prático, ágil, cabe em qualquer lugar, mas possui um risco muito elevado de acidentes é exatamente isso que queremos diminuir, através de uma campanha que seja direcionada aos motociclistas, mas que também conscientize toda a população da cidade”, frisa o prefeito.

Motopasseio
No dia 10 de julho (encerramento da campanha) está programado um moto passeio, com apoio do Conseg com o objetivo de aliar direção responsável e descontração, com sorteio de brindes como: capacete, luva, capa de chuva e antena retrátil. Durante toda a campanha será realizado um cadastro dos motociclistas do município.

(23/05/2011)


Compartilhe essa informação
 
 

SIM Online