SEMINÁRIO SOBRE ALZHEIMER ABRE MÊS PARA CONSCIENTIZAÇÃO DA DOENÇA EM SÃO CARLOS PDF Imprimir E-mail

50 milhões de pessoas no mundo vivem com algum tipo de demência. Os dados são da Associação Internacional de Alzheimer que também diz que a maior parte dos casos é da doença de Alzheimer. Com números tão expressivos, a doença ganhou destaque em São Carlos e terá um mês inteiro dedicado a ela.

 

Uma lei do vereador Marquinho Amaral instituiu setembro como “Mês Municipal para Conscientização e Apoio aos Portadores das Doenças de Alzheimer e outras Demências”.  “Fui procurado pela coordenadora da ABRAz (Associação Brasileira de Alzheimer-Sub-regional São Carlos) que apontou o aumento das doenças relacionadas a demência, especialmente o Alzheimer. O trabalho de conscientização da Associação é bastante efetivo e resolvemos propor a Lei para ampliar a informações sobre essas doenças. Acredito que estamos colaborando na conscientização das pessoas, principalmente, ao propor ações de como ajudar quem tem e cuidar de pessoas com demência”, contou o vereador Marquinho Amaral. 

 

Durante o mês serão realizadas atividades com o objetivo de ampliar as informações e orientações sobre o Alzheimer. A primeira atividade será o “I Seminário de Conscientização sobre a Doença de Alzheimer”, no dia 14, sábado, das 9h às 11h30, no Paço Municipal. “Setembro é o mês mundial da conscientização da doença de Alzheimer e São Carlos incluiu no calendário do município essa ação de conscientização”. O Seminário irá abordar vários temas e é importante que as pessoas participem e conheçam os primeiros sinais e sintomas. Conheçam o tratamento e percebam que dá para melhorar a qualidade de vida tanto para esse idoso, portador da doença, como de seu cuidador ou seu familiar, explicou Ana Claudia Trombella Barros, terapeuta ocupacional, coordenadora da ABRAz - Associação Brasileira de Alzheimer-Sub-regional São Carlos.

 

Alzheimer- A Doença de Alzheimer é uma doença neurodegenerativa, progressiva e irreversível, caracterizada por alterações cognitivas e comportamentais. Como sintoma inicial observa-se o declínio da memória, sobretudo para fatos recentes e desorientação espacial. As manifestações da doença ocorrem de maneira insidiosa, com piora lentamente progressiva.

 

Com a evolução do quadro, surgem alterações de linguagem, distúrbios de planejamento e prejuízos em outras funções cognitivas, tais como, julgamento, cálculo, raciocínio abstrato e habilidades visuoespaciais. Alterações no comportamento ou na personalidade também são observadas como agitação, irritação, apatia, desinteresse, isolamento social, desinibição e agressividade.

 

Confira a programação:

 

Novas Conquistas na área do Alzheimer - Ana Claudia T. Barros, Terapeuta Ocupacional - Abraz Sub-regional São Carlos;

ADoença de Alzheimer no Brasil e no mundo, Dr. Gustavo M. Munno, Médico Clínico Geral;

A vivência cotidiana do Alzheimer: aspectos psiquiátricos,Dr. Pietro De Santis, Médico Psicogeriatra;

Sobrecarga do cuidador: Cuidando de quem cuida,Profa. Dra. Aline Gratão, DGero/UFSCar;

Ao som do bolero Quizás, Idosos do Centro de Referência do Idoso “Vera Lúcia Pilla”;

Novas perspectivas para a Atenção ao idoso com Demência no município,Marcos Palermo, Secretário de Saúde;

Direitos e Deveres da pessoa com Demência e de seu familiar, Dr. Paulo César Scanavez, Juiz de Direito de São Carlos.

 

Serviço

Dia: 14/09/2019

Horário: 9h às 11h30

Local: Paço Municipal de São Carlos

Rua Episcopal, 1575, Centro.

 

(10/09/2019)

 
 

Menu Notícias