PRIMEIRO PARQUE FLORESTAL URBANO SERÁ IMPLANTADO EM SÃO CARLOS PDF Imprimir E-mail

 

A Prefeitura de São Carlos finalizou o processo licitatório 18370/18, Convite Nº 39, no valor estimado de R$ 39.659,70, para a contratação de empresa para construção de trilha ecológica educativa no Parque Urbano “Samuel Murgel Branco”.

O projeto foi desenvolvido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação de São Carlos e instituído no município por meio do Decreto Nº 170 de julho de 2017 com a criação de sete parques urbanos de proteção, lazer e educação ambiental.

 

A trilha foi idealizada para a valorização do ambiente através da educação ambiental da população. O projeto foi feito buscando integrar cinco principais estações, baseadas em pontos específicos do parque, sendo elas: Jabuticabeira, Bambu, Homem, Som e Jaqueira.

 

O serviço de implantação da trilha será realizado a partir da terraplanagem manual da terra para evitar impacto com maquinário, além da inserção da infraestrutura básica, como bancos e placas. No parque haverá acesso apenas pela avenida dos Sanhaços (Parque Faber Castell II), apesar de também fazer limite com a avenida Francisco Pereira Lopes.

 

“Nesta primeira etapa vai ser feita a pista de caminhada, limpeza da área e reparo em uma casa que já existe no local e que vai servir de base para as pessoas que irão utilizar a trilha. A nossa intenção, em parceria com a Secretaria de Serviços Públicos, é futuramente construir uma casa totalmente sustentável no local, com coleta para reutilização da água da chuva, teto verde e reutilização de energia para servir de ponto para a educação ambiental para estudantes. Queremos organizar o espaço para que também possa receber atividades culturais, além de recreação e lazer”, explica José Galizia Tundisi, secretário de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação, lembrando que essa primeira etapa está sendo possível em virtude de emenda parlamentar destinada pelo vereador Robertinho Mori no valor de R$ 50 mil para o projeto.

 

Para o prefeito Airton Garcia a criação do sistema de parques urbanos de São Carlos é sinônimo de qualidade de vida. “Os parques proporcionam contato com a natureza e suas estruturas atrativas, são determinantes para a realização de atividade física e de lazer”.

 

A ideia de criar parques florestais urbanos é conseguir congelar, manter intacta as áreas de floresta da cidade, usando estruturas florestais ainda existentes para que a cidade possa ter mais áreas verdes a disposição da população. Esses parques vão servir também de refúgio para a biodiversidade, banco de germoplasma, vão ter espécies nativas e serão doadores de sementes.

 

 Confira as demais localizações escolhidas dos outros parques que serão criados: Parque Florestal Urbano – localizado na Serrinha do Aracy; Parque Marginal (próximo ao Santa Mônica); Água do Espraiado – localizado no Espraiado; Bosque Santa Marta; Bosque Cambuí e Sítio do Melo (localizado próximo ao Capão das Antas).

 

(07/01/2019)

 
 

Menu Notícias